[Ruralão Montes Claros] - Eduardos e Pedra Preta são os grandes campeões nas duas categorias

Alexandre Oliveira

Em um dia de conquista do décimo título brasileiro pelo Palmeiras, o futebol  Amador de Montes Claros também esteve em festa. Foi realizada na tarde deste domingo(25), no estádio José Maria Melo de propriedade do Cassimiro de Abreu, as partidas finais do Campeonato Rural de Montes Claros, promovido pela Prefeitura Municipal. Apesar do tempo chuvoso, cerca de 1.300 pessoas compareceram para torcerem pelas suas equipes, fazendo uma bonita festa. 

O Campeonato Rural começou no final do mes de junho e levou muitas emoções as comunidades rurais e distritos de Montes Claros. Cerca de 850 atletas disputaram a competição.

O campeonato é dividido em duas categorias, Aspirantes e Titular. Na decisão da categoria Aspirante, Vila Nova do Beira Rio e Eduardos F..C fizeram uma partida muito disputada. No primeiro tempo o Vila Nova do Beira Rio levou uma certa superioridade e encerrou com vitória parcial de 1 x 0, gol marcado por Leandro. Na segunda etapa o Eduardos voltou com outra postura e com um gol de Daniel Lopes, empatou a partida. 

A decisão foi para os pênaltis destaque para o goleiro Luiz Fernando do Eduardos e os cobradores do Vila Nova perderam as quatro cobranças que realizaram. Com isso, o Eduardos F.C venceu por por 3 x 0 e conquistou o título das categoria Aspirantes.

Na partida principal, o Vila Nova de Minas enfrentou o Pedra Preta. numa partida bastante equilibrada. O Pedra Preta começou pressionando mais o seu adversário que apresentava erros de posicionamento no meio de campo. Aos poucos o Vila Nova controlou a partida e dessa forma transcorreu durante os 90 minutos. Hora o Vila Nova dominava, hora o Pedra Preta assumia o domínio do jogo, demonstrando muito equilíbrio. A melhor chance da primeira etapa aconteceu em grande contra-ataque do Vila Nova que Bida ganhou na corrida do zagueiro e colocou por cobertura na saída do goleiro. A bola caprichosamente bateu na trave e quicou fora da linha do gol, sendo defendida pelo goleiro.

Na segunda etapa Rangel abriu o placar para o Vila Nova de Minas aos 23 minutos, após cobrança de falta. Aos 30 minutos foi a vez de Deninha empatar após cobrança de escanteio.

O Pedra Preta foi em busca do gol do título, mas a partida terminou com o empate em 1 x 1.

Nas cobranças de pênaltis, o Pedra Preta levou a melhor vencendo por 4 x 3 e conquistando o título muito comemorado por sua torcida.