[Regional LPD] - Niterói chega pela terceira vez consecutiva e fará a grande final diante do tradicional Paranaíba.

Alexandre Oliveira

A bola voltou a rolar na conturbada edição do campeonato Regional da Liga Patense de Desportos. Depois de mais uma paralisação devido as irregularidades dos estádios, Carmo do Paranaíba recebeu dois grandes jogos da fase Semifinal. Jogando no estádio Aprígio da Costa Marinho, estádio do Bela Vista, o Ouro Verde de Arapuá recebeu o Paranaíba do Carmo. A partida foi realizada na cidade do adversário, uma vez que o estádio Antônio Albino de Moura do Ouro Verde está interditado, até que seja realizada as adequações de segurança.

Na primeira partida oficial realizada na Arena Reviva Boca, um projeto exemplar de cooperação de apaixonados pelo esporte em Carmo do Paranaíba, o estádio do Boca Junior recebeu a partida entre Niterói e Tirense. Apesar do tempo frio e chuvoso, o público compareceu aos dois estádios.

No Aprígio da Costa Marinho, o Ouro Verde recebeu o Paranaíba com a missão de vencer por dois gols de diferença, uma vez que no jogo de Ida, o "Galinho Carmense" havia vencido por 1 x 0. Mas foi o Paranaíba quem abriu o placar com belo gol de Jouberth chutando de fora área e encobrindo o goleiro Cadu. O Ouro Verde fez uma modificação em seu ataque, colocando o atacante Serginho que vinha de contusão. A equipe de Arapuá acendeu na partida e buscou o seu empate aos 46 da primeira etapa, com um gol de Duduzinho.

No segundo tempo o Ouro Verde buscou o gol da virada durante quase todo o tempo. O Paranaíba conseguiu se segurar e usando da experiência buscava os contra-ataques segurando o empate até o fim da partida. OURO VERDE 1 X 1 PARANAÍBA DO CARMO.

O Paranaíba Esporte Clube, maior vencedor da competição, chega a final pela quinta vez nos últimos dez anos. Em 2011 conquistou o título diante do Monte Carmelo e nos anos de 2009 diante do rival Bela Vista, 2012 e 2013 diante do Santa Cruz e 2016 diante do Niterói, ficou com o vice campeonato.

Na Arena Reviva Boca, o Niterói recebeu o Tirense. Como na primeira partida em Tiros o resultado foi de empate em 1 x 1, as duas equipes necessitavam da vitória para buscar a final. Além da disputa da vaga, a final da competição de 2017 em que o Niterói foi campeão em cima do Tirense, deixou a partida ainda mais apimentada.

O Tirense abriu o placar com Juninho Neymar, diante de um Niterói que sentiu os seus desfalques na partida. No segundo tempo com outra postura em campo, Thales Canela abriu o placar logo aos 50 segundos. E o segundo tempo do Niterói foi impecável e  através de Neto chegou ao gol da virada. No final da partida João Paulo Queijinho ampliou o placa e definiu de vez a classificação do "Touro Loko" que vai em busca do tricampeonato. O público pagante foi de 217 com uma renda de R$ 3.600,00. NITERÓI 3 X 1 TIRENSE.

O Niterói Esporte Clube, que disputa a competição pelo seu terceiro ano, chega pela terceira vez a final da competição. Em 2016 ganhou o seu primeiro título diante do Paranaíba do Carmo e em 2017 diante do Tirense. 

Paranaíba e Niterói fazem a primeira partida da final no próximo sábado 01/12 no estádio João Luiz de Carvalho. A grande Final acontecerá no dia 08/12 na Arena Reviva Boca.

A partida entre Paranaíba e Ouro Verde, marcou o encerramento da carreira do Árbitro Vanderlei Silva, que a partir de agora não mais apitará partidas de futebol de campo.

O grande fato lamentável foi, que assim como no final da partida em Tiros entre Tirense e Niterói desta vez no jogo entre Ouro Verde e Paranaíba, o assistente foi agredido por um torcedor logo após o encerramento da partida.

Continue elegendo a SELEÇÃO DE DESTAQUES DO REGIONAL LPD/2018. Acesse o link abaixo e monte a sua.

https://pt.surveymonkey.com/r/GRTKVYH