[Copa AMAPAR] - Mandantes levaram a melhor e aumenta pressão nas Quartas de Final.

Alexandre Oliveira

Na abertura das Quartas de Final da 13ª Copa Regional AMAPAR, promovida pela empresa A Dona da Bola do radialista Antônio César, os mandantes levaram a melhor. Isso seria totalmente normal se no regulamento da competição, os visitantes da rodada não fossem as equipes com melhores campanhas na classificação geral e com isso nos jogos da volta, essas equipes terão que mostrar que realmente tem "bala na agulha" para a disputa do título. 

O Destaque da Rodada vai para o Ouro Verde de Arapuá, que goleou o forte Cruzeiro da Prata de Presidente Olegário e para o Guimarânia, único visitante que não perdeu a partida e agora joga por vitória simples. 

No estádio Antônio Albino de Moura em Arapuá o Ouro Verde abriu uma grande vantagem ao golear a forte equipe do Cruzeiro da Prata de Presidente Olegário. Serginho foi o destaque do jogo marcando três gols. Marcola (foto) e Bugil completaram a goleada. Henrique Cavalo, artilheiro da competição, marcou o gol de honra do Cruzeiro da Prata. OURO VERDE 5 X 1 CRUZEIRO DA PRATA.

O Cruzeiro da Prata terá que vencer por cinco gols de diferença no jogo da volta em Presidente Olegário para classificação no tempo normal ou quatro gols para levar para as penalidades máximas. O Ouro Verde poderá perder por até três gols de diferença. 

No estádio Gigante da Colina em Vazante, o Vazante recebeu o Douradoquara, segunda melhor campanha da competição e também abriu boa vantagem para jogo da volta. VAZANTE 3 X 0 DOURADOQUARA

Para o jogo da volta em Douradoquara, o time da casa terá que vencer por quatro gols de diferença para classificação no tempo normal ou três gols para levar a decisão para as penalidades máximas. O Vazante pode perder por até dois gols de diferença que se classifica.

No estádio Machadão na Serra do Salitre, o Nacional, campeão de 2010 recebeu o Dínamo de Araxá, time de melhor campanha da competição e único invicto. Ian marcou os dois gols para Nacional que ainda teve um pênalti perdido por Daniel ainda no primeiro tempo. Para o Dínamo Xande marcou o gol. Para dificultar ainda mais para o Dínamo o meia-atacante Caio Xaropinho foi expulso da partida. NACIONAL 2 X 1 DÍNAMO.

O Dínamo que perdeu a sua invencibilidade, necessitará vencer por dois gols de diferença para se classificar no tempo normal, ou por um gol para levar a decisão para as penalidades máximas. Para o Nacional, um empate basta.

No estádio Silvio Macedo em Monte Carmelo, Carmelitano e Guimarânia empataram fizeram o único empate da rodada. E C CARMELITANO 1 X 1 GUIMARÂNIA.

Na partida da volta, vitória simples dá a classificação a qualquer uma das equipes. Novo empate leva a decisão para as penalidades máximas.

Imagem extraída do facebook do atleta Marcola do Ouro Verde