[Copa AMAPAR} - Com grandes superações, estão definidos os quatro semifinalistas.

Alexandre Oliveira

A Copa Regional AMAPAR chegou a sua fase Semifinal e agora das 32 equipes que começaram a competição, apenas 4 permanecem na disputa. Das que estão na luta pelo titulo, uma busca o bicampeonato, o Nacional da Serra do Salitre, campeão em 2010. 

Os quatro jogos das Quartas de Final, aconteceram na tarde deste sábado(04), com as equipes classificadas demonstrando uma grande superação e conquistando as vagas de forma merecedora.

No estádio Faria Santos em Guimarânia, o time da casa recebeu o E. C. Carmelitano de Monte Carmelo. No jogo de Ida, empate em 1 x 1, resultado que deixava as duas equipes em iguais condições para o jogo da volta. E o Guimarânia fez valer o seu mando de campo e venceu a partida, garantindo vaga na Semifinal. GUIMARÂNIA 3 X 0 E C CARMELITANO.

No estádio Fausto Alvim em Araxá o Dínamo com a melhor campanha da competição recebeu o Nacional da Serra do Salitre. No jogo de Ida, o Nacional venceu por 2 x 1 e com isso jogava pelo empate. Já o Dínamo necessitava vencer por dois gols de diferença. E isso aconteceu até os 33 minutos do segundo tempo. Zé Maria por duas vezes, marcou os gols que o Dínamo necessitava ainda no primeiro tempo mas aos 33 minutos do segundo tempo quando Ian Tanque desviou um cruzamento, marcando o gol que levou a decisão para as penalidades. Nos pênaltis, o Nacional levou a melhor. DINAMO (4) 2 X 1(5) NACIONAL DA SERRA DO SALITRE.

Em Douradoquara o time da casa depois de perder por 3 x 0 para o Vazante na casa do adversário, tinha a difícil missão de vencer por quatro gols de diferença. O resultado parecia ser muito difícil de ser revertido. Parecia, porque o Douradoquara não tomou conhecimento do adversário e fez ainda mais, conquistando a vaga na Semifinal. DOURADOQUARA 6 X 0 VAZANTE.

No estádio Castilhão em Presidente Olegário, veio o grande Destaque da Rodada. Após perder a primeira partida em Arapuá por 5 x 1 para o Ouro Verde, o Cruzeiro da Prata, estreante na competição, muito provavelmente não conseguiria reverter tamanha vantagem do adversário. Mas a superação foi de forma espetacular. Aos 23 minutos Otávio abriu o placar para o Ouro Verde, o que era para desanimar que ainda tinha alguma esperança. Mas ainda no primeiro tempo, o artilheiro Henrique Cavalo empatou a partida. 

No segundo  tempo o Cruzeiro voltou de forma arrasador Henrique Cavalo e Gustavo Yuri, cada um por duas vezes, devolveram o resultado da primeira partida, levando a decisão para as penalidades máximas. Nos pênaltis o Cruzeiro conquistou a vaga. CRUZEIRO DA PRATA (4) 5 X 1 (3) OURO VERDE.

Veja os confrontos da Semifinal (resultados com placar agregado):

Imagem:  Danilo Sérgio e Caio César Aureliano Na Batida do Esporte