[Copa AMAPAR] - Com decisão nos pênaltis, o Guimarânia é o novo campeão.

Alexandre Oliveira


O Guimarânia é o novo campeão da Copa Regional AMAPAR. A conquista inédita aconteceu na tarde deste sábado(01) no estádio Municipal Faria Santos em Guimarânia em uma grande festa com grande presença de público, na segunda fase do confronto entre Guimarânia e Nacional da Serra do Salitre. 

A competição começou com 32 equipes, representando 26 municípios, sendo quatro chaves de 08 equipes, onde os quatro melhores de cada grupo se classificaram para a fase de mata-mata formando as Oitavas de Final. Daí em diante as equipes foram eliminando os seus rivais até sobrarem os dois grandes finalistas.

Na primeira partida na Serra do Salitre, o placar ficou em branco e com isso quem conquistasse a vitória levaria o título. Em caso de um novo empate, por qualquer placar, a decisão seria nas penalidades máximas.

E com mais um zero a zero no tempo normal, o terceiro já que na sétima rodada da primeira fase as duas equipes também empataram sem gols, a decisão foi para as penalidades máximas. 

Nas penalidades, dois grandes goleiros, Roger pelo Guimarânia e Túlio para o Nacional da Serra eram as maiores esperanças dos  torcedores. Lucas Ricardo, vice artilheiro da competição, começou marcando para o Guimarânia. Ian Tanque, artilheiro do Nacional cobrou e Roger defendeu. Buguela colocou o Guimarânia ainda mais a frente. Zôba bateu e diminuiu para o Nacional. Márcio Junior ampliou o time da casa, O meia Daniel bateu para o Nacional novamente diminuiu, Carlinhos cobrou para o Guimarânia e desperdiçou reanimando o Nacional. Careca cobrou para o Nacional e Roger defendeu mais uma vez. Vitorino cobrou e marcou o gol do título inédito do Guimarânia para uma grande festa no estádio Faria Santos.

O atacante Henrique Cavalo foi o artilheiro da competição. Roger do Guimarânia o goleiro menos vazado.